Início Setor da construção civil cresce no mês de julho e apresenta estabilidade na atividade e geração de emprego

Setor da construção civil cresce no mês de julho e apresenta estabilidade na atividade e geração de emprego

18 de agosto de 2022 às 16:13
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Setor da construção civil
Setor da construção civil (Reprodução: divulgação)

Conforme a Sondagem Indústria da Construção, realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o setor da construção civil está em pleno vigor. Isso porque os indicadores avançaram com ritmos acelerados, sendo os maiores do ramo desde 2010. Para a pesquisa, foram ouvidas 402 empresas, sendo que 151 são de pequeno porte, 169 médicas e 82 grandes instituições. A pesquisa foi realizada entre os dias 1º e 9º de agosto.

Neste sentido, o apontamento mostrou que o índice do nível de atividade do setor da construção civil registou 52,5 pontos em julho. Dessa forma, por estar acima da linha divisória dos 50 pontos, o índice apresenta uma expansão da atividade em relação ao mês de junho. Paralelamente, o índice de evolução do número de empregos foi de 51,9 pontos, e também está acima da linha divisória, o que indica alta de empregos no setor da construção civil em julho.

Na comparação com o mês de julho, a Utilização da Capacidade Operacional (UCO) da construção civil cresceu um ponto, marcando 68%. Além disso, a intenção de investimento da construção também cresceu, atingindo o seu maior índice desde 2014. Em linha com a atividade, o Índice de Confiança do Empresário (ICEI) da indústria da construção cresceu 3,2 pontos, marcando 60 pontos em agosto. Para tal, o levantamento mostra a confiança entre os empresários do setor.

Por outro lado, o índice de condições atuais da economia brasileira cresceu 5,4 pontos, marcando 52,7 pontos no total, sendo um bom indicativo, pois supera a margem dos 50 pontos. Ademais, isso demonstra transição de uma percepção de piora da economia do setor em julho, para uma possível melhora em agosto. Outro bom indicador foi o índice de expectativa sobre a economia brasileira, que cresceu cinco pontos, fechando com 61,7 pontos, indicando otimismo em relação ao cenário econômico no próximo semestre.

PIB do setor da construção civil cresce pela segunda vez em 2022

Pela segunda vez consecutiva, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) aumentou sua projeção do crescimento do PIB da Construção Civil. As informações foram divulgadas no mês de julho, através do relatório intitulado “Desempenho Econômico da Indústria da Construção – Segundo Trimestre de 2022”.

Neste sentido, Ieda Vasconcelos, economista da CBIC, apontou que, pelo segundo ano consecutivo, o setor da construção civil terá crescimento acima da economia nacional. Porém, mesmo que consideremos a alta de 3,5% do PIB em 2022, o setor ainda apresenta queda em seu PIB de 23,44%, relativo ao período de 2014 a 2022. Além disso, ela também pontuou que o ciclo de negócios em andamento, que começou nos últimos dois anos, tem garantido o ritmo de atividade do setor. Paralelamente, para o segundo semestre de 2022, também é aguardado um maior impacto do ritmo de atividades originário das famílias brasileiras, com suas obras de pequeno e médio porte, incluindo reformas.

A economista também destacou as novas medidas do Programa Casa Verde e Amarela, que devem gerar efeito positivo na atividade do setor da construção civil. Atualmente, a expectativa sobre o programa é de que sua reverberação na sociedade seja sentida nos próximos meses. Por fim, um dos dados divulgados pela CBIC diz respeito aos últimos resultados do PIB, divulgados pelo IBGE, que apontam que a construção civil, na série trimestre contra trimestre, está com crescimento há seis trimestres consecutivos. Sendo assim, a entidade apontou que os números positivos não tinham sido observados no setor desde 1996, e que mostram a importância do setor para a economia brasileira.

Leia mais: Coleção Tecnogres Concept apresenta tecnologia impermeável e novo conceito para revestimentos cerâmicos.

[gs-fb-comments]

Relacionados
Mais recentes