5 dicas para deixar sua gestão de colaboradores terceirizados mais eficiente

Quer deixar sua gestão de terceirizados mais eficiente? Confira essas 5 dicas valiosas para você fazer uma gestão mais eficiente de colaboradores.

Continua Depois do Anúncio

A terceirização é o processo através do qual as empresas transferem para terceiros suas atividades-meio e atividades-fim, seguindo a legislação vigente. A Subcontratação refere-se então à transferência de atividades especializadas durante as etapas do processo produtivo do trabalhador.  Essa modalidade é muito importante para a indústria da construção civil, segundo o estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI) cerca de 63% das empresas deste setor faz a utilização de serviços terceirizados, essa modalidade teve ainda mais ênfase no ano que foi realizada a pesquisa (2016), portanto, em 2021 essa modalidade está em constante crescimento, principalmente agora onde a indústria da construção civil é uma das áreas que estão em evidência lucrativa.

A Terceirização e a subcontratação são realidade não só na indústria de construção no Brasil e sim em vários outros setores de competitividade importantes para as construtoras e também até mesmo entre outros serviços fora da área. Porém, para se obter resultados positivos dessa estratégia, é importante garantir uma gestão eficiente de terceiros.

O Objetivo é harmonizar problemas que podem gerar conflitos entre as partes, assim como descumprimento de cláusulas contratuais, cobrança de serviços extras não descritos no contrato inicial e também a má qualidade na execução dos serviços.

O principal motivo para essa modalidade de contratação, é a redução de custos operacionais. Para muitas construtoras não é viável manter em seu quadro, por exemplo, uma equipe de pintores que irá somente atuar na etapa final da obra.

Gostaria de saber como utilizar essa forma de contratação de modo seguro? A terceirização pode gerar bons frutos na sua empresa, já que essa modalidade pode até mesmo gerar 90% a menos de gastos para a indústria. Confira como utilizar esta contratação de modo seguro e continue conosco também para ver as 5 dicas valiosas que separamos, para auxiliar você a melhorar a sua gestão com os terceiros dentro da sua empresa. Continue conosco até o fim deste artigo e confira!

  1. Faça uma análise criteriosa ao selecionar um empreiteiro

Os ganhos obtidos com a terceirização podem se perder facilmente caso você faça uma escolha errada na hora da contratação. Portanto, antes de fechar negócio, tenha cautela e faça uma análise criteriosa com muita cautela. Em casos de serviços subempreitados, a construtora deverá se certificar de que a subempreiteira a ser contratada possui mão de obra fixa, treinada e em quantidade suficiente para entregar o serviço no prazo estabelecido e com a qualidade desejada.

  • Faça contratos claros

Garantir a clareza dos termos presentes no contrato é muito importante. O contrato deverá abordar questões objetivas, normativas e legais. O contrato também deverá prever a aplicação de multas ou penalidades quando o contratado não cumprir suas obrigações, o que irá evitar discussões futuras. No contrato você poderá prever também o pagamento de bônus ao subempreiteiro diante o atingimento das metas pré-estabelecidas.

  • Faça alianças sólidas de longo prazo com os terceirizados

Conquiste a confiança dos fornecedores e subempreiteiros, assim as taxas de sucesso serão mais altas e o risco será diminuído consideravelmente. Esse hábito estabelecerá uma relação positiva para ambos os lados. A participação de empresas terceirizadas no planejamento de atividades tende também a gerar um maior comprometimento com as programações e prazos estabelecidos. É importante que você se lembre que um ambiente colaborativo irá estimular melhorias internas e também inovação tecnológica. O Uso de Softwares e APPs que auxiliam na gestão, colaboração e compartilhamento de projetos, bem como também ferramentas de comunicação seguras e mais sofisticadas.

  • Faça um acompanhamento de seus colaboradores

Acompanhe com cautela o cumprimento dos acordos estabelecidos com os colaboradores terceirizados. Isso poderá ser feito em suas tarefas de rotina, assim como a verificação de documentações, ou até mesmo por auditorias in loco nas obras. Acompanhe se os procedimentos estão sendo seguidos, em caso de não conformidades, você deverá fazer uma correção com exigência de forma imediata.

  • Diminua riscos legais para a sua empresa

A contratante, no caso a construtora, tem uma responsabilidade solidária/subsidiária sobre o contratado. Esse contexto torna fundamental o controle de registros dos terceirizados, incluindo assim contratos sociais, retenção de INSS, FGTS, PPRA, PCMSO, Atestados de saúde, Cartões de ponto e etc. Estar em conformidade em curto prazo para futuras fiscalizações de rotina de órgãos trabalhistas pode evitar multas e a médio e longo prazo, as conformidades irão garantir o registro de terceiros que estejam disponíveis para qualquer discussão jurídica.

Você pode também utilizar a tecnologia como uma aliada em sua empresa, uma vez que a mesma já é uma aliada importante de diversas empresas construtoras na gestão de terceirizados, garantindo assim o controle de documentações de fornecedores e colaboradores da obra.

Gostou do nosso artigo? Que tal deixar para nós um feedback com sua opinião nos comentários? Sua opinião é muito importante para nós! Até mais!

Tags:
Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.