Indústria de construção civil rejeitada pela Câmara de Santo Amaro pode se instalar em Camaçari

Valdemar Medeiros
Valdemar Medeiros
por
-
29-07-2020 11:24:52
em Indústria e Construção
Indústria - construção civil - investimentos Indústria de construção civil rejeitada pela Câmara de Santo Amaro pode se instalar em Camaçari

Indústria de construção civil que foi rejeitada poderá ser instalada em Camaçari ainda este ano

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), encaminhou na noite desta segunda-feira (27) uma solicitação de reunião com o diretor geral da Orbi Química, Rogério Seabra, e sinalizou para a possibilidade de a indústria de construção civil ser instalada no município. Nesta segunda, mais cedo, a Câmara de Santo Amaro rejeitou a instalação da indústria na cidade.

Leia também:

Prefeito da cidade diz estar pronto para receber a instalação da indústria

Continua Depois do Anúncio

Inegavelmente, no convite para uma reunião, feito por e-mail, Elinaldo destacou que Camaçari, além de estar próxima à capital Salvador, tem a infraestrutura adequada para receber a instalação da indústria. No município estão instaladas empresas como Ford, Bridgestone, Continental, dentre outros fabricantes de autopeças.


Outrossim, de acordo com o prefeito, Camaçari tem infraestrutura física e plenas condições para abrigar a indústria. “Do ponto de vista da infraestrutura, temos galpões que podem ser ocupados e terrenos onde pode ser instalada a empresa, além do Cimatec, instituição de ponta para pesquisa. Sendo assim, no âmbito econômico, temos um programa de incentivo fiscal que favorece a eventual instalação da empresa”, frisou.

A indústria de construção civil a ser instalada é 100% nacional

Por fim, se trata de uma empresa 100% nacional e com sede em São Paulo, a Orbi Química iniciou suas atividades em 2006 e oferece soluções para a linha de manutenção e conservação automotiva e construção civil. A instalação da fábrica poderá gerar centenas de empregos diretos e indiretos.


“Inclusive, estamos dispostos a adotar medidas para agilizar o processo de licenciamento para instalação da fábrica em Camaçari, respeitando, obviamente, todos os protocolos”, destacou Elinaldo.

Tags: