MENU
Noticias
Menu
Início Serviço de Limpeza Urbana investe para melhoria no tratamento de resíduos da construção civil em Brasília

Serviço de Limpeza Urbana investe para melhoria no tratamento de resíduos da construção civil em Brasília

22 de dezembro de 2021 às 12:36
Compartilhe
Siga-nos no Google News
O Serviço de Limpeza Urbana de Brasília anunciou melhorias no tratamento dos resíduos provenientes da construção civil em relação à retirada de metais
O Serviço de Limpeza Urbana de Brasília anunciou melhorias no tratamento dos resíduos provenientes da construção civil em relação à retirada de metais. Fonte: Divulgação

O Serviço de Limpeza Urbana de Brasília anunciou melhorias no tratamento dos resíduos provenientes da construção civil em relação à retirada de metais

A preocupação com o tratamento dos resíduos urbanos, principalmente os provenientes do setor da construção civil, é um tema bastante discutido atualmente e Brasília dá mais um passo para melhorar essas operações. O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) da região está com diversas metas para o descarte de lixo e algumas delas tiveram início nesta última terça-feira, (21/12), com melhorias para o tratamento dos resíduos e a retirada de metais presentes na mistura.

Não perca:

Retirada de metais dos resíduos da construção civil recebe melhorias do Serviço de Limpeza Urbana 

A construção civil é um dos setores que mais geram resíduos urbanos diariamente que, muitas vezes, não recebem o tratamento adequado. Pensando nisso, o Serviço de Limpeza Urbana de Brasília investiu para melhorar a qualidade dos britados, material fragmentado, moído e triturado, que são produzidos pela construção civil na Unidade de Recebimentos de Entulhos (URE), com a instalação de um novo eletroímã que irá colaborar na retirada e separação dos metais que se encontram dentro dessa mistura. 

O gestor de resíduos do SLU que atua na URE, Gustavo de Oliveira Costa, comentou acerca da iniciativa e da nova instalação de mais um sistema de catação na linha de tratamento, afirmando que “A catação serve para retirar as impurezas dos resíduos, como papel, plástico e madeira. Antes, a gente fazia só na etapa inicial, antes de os resíduos entrarem no britador. Agora, fazemos também essa separação após o processo, o que também contribui para melhorar a produção do material e facilitar a execução das obras”.

Com a adição de mais uma linha de catação e um novo eletroímã no tratamento dos resíduos da construção civil, se tornou mais prático e eficiente a retirada de materiais metálicos inconvenientes para a reutilização dos resíduos em projetos futuros dentro desse setor. 

Tratamento dos resíduos da construção civil possibilita a reutilização dos materiais em outros projetos no setor

Todos os dias, chegam à URE, em média, 4,4 mil toneladas de resíduos da construção civil e, dentre essas milhares de toneladas, são separados os materiais recicláveis como concreto, cerâmica e argamassa, que serão utilizados em outros projetos do setor no futuro. A reutilização é tão grande que, somente entre janeiro e setembro desse ano, cerca de 240 mil toneladas de reciclados foram produzidos na região, além de terem sido doados ou utilizados para melhorias na própria região, como a pavimentação de rodovias. 

Um dos casos mais famosos de utilização dos resíduos tratados da construção civil para novas obras é o projeto de pavimentação de sete ruas do Núcleo Rural Quintas do Maranhão, em Planaltina, que recebeu mais de 200 caminhões com os resíduos tratados para serem utilizados e contribuírem para a melhoria de vida e tráfego na região.

O coordenador das equipes da Novacap, Lucimário dos Santos, comentou acerca da importância dessa reutilização e destacou que “Era uma reivindicação antiga dos moradores e que está sendo feita graças ao material recebido pelo SLU. Temos também outra frente de trabalho em São Sebastião com o uso desses reciclados e está ficando ótimo”.

[gs-fb-comments]

Relacionados
Mais recentes