Início ABRAMAT divulga pesquisas que apontam otimismo para resultados do setor da construção civil em outubro

ABRAMAT divulga pesquisas que apontam otimismo para resultados do setor da construção civil em outubro

2 de novembro de 2021 às 23:36
Compartilhe
Siga-nos no Google News
A ABRAMAT realizou uma pesquisa com as empresas associadas, que prevê um forte otimismo para resultados do setor da construção civil
A ABRAMAT realizou uma pesquisa com as empresas associadas, que prevê um forte otimismo para resultados do setor da Construção Civil. Fonte: Reprodução

A ABRAMAT realizou recentemente uma pesquisa com as empresas associadas, que prevê um forte otimismo para resultados do setor da construção civil no mês de outubro 

Durante essa sexta-feira, (29/10), a ABRAMAT (Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção), fez a divulgação dos resultados do Termômetro da Indústria de Materiais de Construção, pesquisa realizada com as empresas associadas e que aponta um forte otimismo para os resultados em relação ao setor da construção civil durante o mês de outubro.

Confira outras notícias do setor:

Otimismo das empresas associadas se mantém para o mês de outubro e novembro 

Os resultados da pesquisa Termômetro da Indústria de Materiais de Construção, realizada pela ABRAMAT com as empresas associadas em relação à eficiência do setor em outubro, foram bem satisfatórios e otimistas. De acordo com a associação, 15% dos associados da ABRAMAT esperam que os resultados para o mês sejam muito bons, outros 46% esperam resultados bons e 27% apontam o período como regular, sem muito otimismo para os índices do mês de outubro.

As pesquisas conseguem realizar um verdadeiro termômetro com as empresas, responsáveis pela circulação da economia no setor e movimentação da construção civil pelo país inteiro. Por isso, a Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção, ABRAMAT, se mantém atenta aos resultados da pesquisa realizada, para entender melhor quais são as necessidades para o setor e quais são as previsões para os resultados futuros. 

O otimismo em relação aos resultados do mês de outubro se mantém firme para o mês de novembro, uma vez que, segundo a ABRAMAT, 15% das empresas associadas esperam um resultado muito bom para o mês, 42% aguardam resultados bons e nenhuma empresa espera um resultado ruim ou muito ruim para o período de novembro. A pesquisa também divulgou alguns resultados sobre o mês de setembro de 2021, o qual também se manteve estável, na visão das empresas, uma vez que  27% dos associados consideraram o período muito bom, 35% bom, 27% regular e 12% ruim.

Números divulgados pela pesquisa da ABRAMAT indicam continuidade no crescimento do setor no último trimestre de 2021

Além de ser uma ótima forma de entender como está o setor na mente das empresas associadas, a pesquisa realizada pela ABRAMAT também traz alguns outros índices relacionados ao setor, como por exemplo, o nível de utilização da capacidade instalada da indústria de materiais, o qual manteve um crescimento considerável durante os últimos meses do ano. De setembro para outubro, o nível passou de 77% para 81%, aumento considerável para o setor da construção em relação aos materiais utilizados. 

Rodrigo Navarro, presidente da ABRAMAT, comentou acerca da pesquisa realizada e afirmou que “Os números continuam a mostrar uma perspectiva de crescimento para o setor no último trimestre de 2021, com aumento na pretensão de investimentos e no uso da capacidade instalada. A vacinação segue avançado no país, estimulando a retomada das atividades. No entanto, é preciso muita atenção aos impactos trazidos por externalidades, tanto em nível macro – como taxa básica de juros, inflação, câmbio, equilíbrio fiscal, como micro – valores de frete, disponibilidade e custo de matérias primas. É primordial avançarmos com as reformas estruturantes nesse contexto, assim como em medidas para a redução do Custo Brasil, de forma a aprimorar o ambiente de negócios para todos no país, com atração de investimentos e geração de empregos”.

Assim, o que se espera para o último trimestre do ano são mais investimentos na capacidade, geração de postos de trabalho, com a retomada das atividades, e um aumento positivo para o setor da construção civil no Brasil, uma vez que a associação e as empresas associadas se mantém positivas para esses índices no restante do ano.

[gs-fb-comments]

Relacionados
Mais recentes