Monday, 06 de December de 2021

Programa Capacita Mulher: startup oferece cursos e treinamento para inserir mulheres no setor de Obras de Construção Civil

Ao participar do Programa Capacita Mulher, as chances de conseguir se manter no setor de Obras de Construção Civil serão maiores com o curso profissionalizante

A expectativa é aproveitar a quantidade de vagas ofertadas em território nacional para dar oportunidade para a mão de obra feminina conseguir mais espaço na Construção Civi

O setor de Construção Civil não é um local de atuação somente para profissionais masculinos. Muitas mulheres gostam de consertar ou reparar os problemas que chegam até sua residência. Portanto, caso você seja o tipo de pessoa proativa, que está em busca de um curso profissionalizante, talvez esse seja o seu momento. Afinal, as obras estão a todo vapor em território brasileiro e a expectativa é que continue assim mesmo após a pandemia. Pensando nisso, é que a startup Eu, Nós, Elas, estimula a mão de obra feminina e está com as inscrições abertas nessa quinta-feira, (30/09), para aquelas que querem começar a trabalhar de forma profissional, com serviços de reparos em geral, através do Programa Capacita Mulher.

Veja mais notícias no setor:

Como funciona o Programa Capacita Mulher e de que forma ele poderá lhe inserir no mercado de trabalho como profissional de Obras e Construção Civil?

A startup oferece cursos e oficinas voltados para o público feminino, de forma que as inscritas no programa possam ingressar no mercado de trabalho. O curso poderá ser realizado em duas modalidades, tanto em ambiente virtual ou presencial. Independente de qual modalidade for escolhida, as alunas irão ter acesso ao mesmo material, que será entregue semanalmente.

Ao longo do curso profissionalizante, os conteúdos abordados serão: elétrica básica, montagem de móveis, limpeza pós-obra, pintura, prestação de serviços de reparo. Segundo uma das idealizadoras do projeto, Elis Rodrigues, a startup oferece “treinamentos comportamentais, de empreendedorismo, finanças, desenvolvimento pessoal etc. Os treinamentos irão incluir estágios em serviços reais como aprendizes, e, quando a mulher se sentir preparada para trabalhar sozinha, poderá entrar para nosso time de prestadoras através do programa de agenciamento. Nosso objetivo é ajudar mulheres a atingirem sua independência financeira”.

As aulas terão início nesse sábado, dia 2 de outubro, e seguirão durante os próximos 6 meses. Onde a startup Eu, Nós, Elas prestam toda assistência necessária para as inscritas no Programa Capacita Mulher, desde o início do curso, ao longo do estágio, até o momento em que as mulheres se sentirem preparadas para ingressar no mercado e atuar no setor de Obras e Construção Civil.

Se interessou? Saiba como fazer a inscrição e iniciar o seu curso profissionalizante

Devido ao fato de estarem adentrando nesse mercado, é normal que as mulheres se sintam inseguras no início. No entanto, a partir do momento em que a inscrição é realizada, as candidatas terão todo o suporte necessário. Ao se aproximar do final do curso e optar por continuar atuando nesse setor, a startup dará o suporte necessário para abertura do MEI e como gerenciar o seu próprio negócio e conquistar seus primeiros clientes.

Poderão participar mulheres acima de 18 anos, que tenham disponibilidade para acompanhar as aulas semanalmente. Caso resida em Santa Maria, Rio Grande do Sul, o endereço para as aulas presenciais é esse: Avenida Rio Branco, 639. Para ter acesso a todas as vantagens citadas no artigo, será necessário desembolsar um valor de R$ 96,00, onde poderá usufruir de toda a estrutura oferecida pela startup no período de 6 meses.

As inscrições poderão ser realizadas nesse link AQUI

Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.