Tuesday, 03 de August de 2021

Remuneração do Tecnólogo em Edificações

O Tecnólogo em Edificações é um profissional de nível médio na área da construção civil.

O mesmo atua no desenvolvimento e execução de obras residenciais, comerciais e também industriais. A leitura de projetos, controle de cronograma, acompanhamento do fluxo de materiais e a elaboração de relatórios gerenciais são algumas das diversas outras atividades desenvolvidas por esse profissional.

Esse profissional é muito importante na área da Construção Civil e sua procura no Mercado de Trabalho é alta. Por isso, hoje separamos neste artigo a remuneração inicial do Tecnólogo em Edificações e o teto máximo salarial que esse profissional pode ganhar. Confira também as faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem esse curso. Continue conosco até o fim da leitura e tire todas as suas dúvidas!

Para exercer a profissão de Técnico em Edificações, é obrigatório que você tenha concluído o curso técnico correspondente e fazer o registro profissional. Esse profissional poderá trabalhar nas seguintes áreas

  • Empresas da Construção Civil, Públicas, Privadas ou Terceirizadas
  • Escritórios de Projetos de Construção Civil
  • Canteiro de Obras
  • Fábricas de Pré-Moldados

Nos últimos anos o setor imobiliário se aqueceu e o mercado de trabalho para o técnico em edificações se torna cada vez mais favorável. Grande parte dos alunos do curso técnico já conseguem emprego antes mesmo de obter a formação e ainda faltam profissionais qualificados no mercado de trabalho.

Remuneração Tecnólogo em Edificações – Mínimo

Os Técnicos em Edificações não possuem um salário mínimo profissional com validade em todo o país. O que existem são acordos firmados por sindicatos da área da Construção Civil ou de Técnicos Industriais, além de leis estaduais que definem o piso salarial para os técnicos de nível médio. Uma pesquisa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) indica que o salário inicial é de R$ 2.085,57. Já no Estado do Paraná, a Lei nº18.059 de 1º de Maio de 2014 determina o salário inicial de R$ 1.095,60.

Alguns sindicatos assim como o Sinduscon-Norte do Paraná define uma gratificação de 5% para trabalhadores que têm o certificado de conclusão de curso de aperfeiçoamento técnico emitido por instituições reconhecidas. Portanto, para você saber mais sobre o piso salarial do seu estado ou cidade, consulte o sindicato correspondente.

Uma pesquisa salarial no site de empregos Catho, indica que as vagas de emprego para os técnicos em edificações oferecem entre R$ 1.098,00 e R$ 4.300,00 mensais, com média salarial nacional de R$ 2.340,08.

Outros cargos relacionados ao tecnólogo em edificações tem as seguintes médias nacionais:

  • Estágio Técnico em Edificações: R$ 737,21
  • Estágio na Área de Edificações: R$ 695,31
  • Auxiliar Técnico em Edificações: R$ 1.244,14
  • Assistente Técnico em Edificações: R$ 1.833,55

De acordo com o levantamento salarial promovido pelo Datafolha, realizado em São Paulo, um tecnólogo em edificações ganha entre R$ 2.962,50 e R$ 5.322,70, possuindo uma média salarial de R$ 4.710,30.

Remuneração do Tecnólogo em Edificações

Concursos Públicos

Há diversos concursos públicos com vagas em aberto para esses profissionais em todo o País, principalmente para ocupar cargo em prefeituras. A remuneração varia, com salários iniciais de R$ 780,00 até R$ 2 mil reais. O profissional poderá receber outros benefícios e gratificações além do salário estabelecido.

Carreira

A profissão de Técnico em Edificações é regulamentada pela Lei nº 5.524 de 5 de Novembro de 1968. Para exercer a profissão é necessário obter o certificado de conclusão do curso Técnico em Edificações em uma instituição reconhecida e então fazer o registro profissional no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado de atuação. O curso técnico em edificações possui carga horária mínima de 1.200 horas. O aluno irá estudar temas como:

  • Desenho Técnico
  • Legislação e Normas Técnicas
  • Solos e Topografia
  • Controle de Qualidade em Obras
  • Materiais de Construção
  • Sistemas Construtivos
  • Normas de Segurança e Saúde no Trabalho

Ao concluir o curso o profissional estará apto a:

  • Desenvolver e executar projetos de edificações.
  • Planejar a execução e elaborar orçamentos de obras.
  • Dar assistência técnica em estudos, projetos e pesquisas tecnológicas na área de edificações.
  • Orientar e coordenar serviços de manutenção de equipamentos e de instalações em obras.
  • Apoiar a compra, venda, e utilização de produtos e equipamentos especializados.

Com o crescimento da construção civil nos últimos anos. Cresceu a demanda por profissionais qualificados em todos os níveis e faltam técnicos em edificações para preencher as vagas existentes. De acordo com a legislação, um técnico em edificações com registro profissional poderá ser responsável técnico em obras de até 80 m².

Tecnólogo em Construção de Edifícios

Trata-se de uma faculdade de curta duração voltada para as necessidades do mercado. O técnico em edificações que deseja aumentar sua possibilidade de ganhos e empregabilidade com um curso superior, tem à disposição o curso superior de Tecnologia em Construção de Edifícios ou Tecnólogo em Construção de Edifícios.

Confira algumas instituições reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Tecnólogo em Construção de Edifícios.

  • Faculdade Nordeste (FANOR | DeVry) – em Fortaleza
  • Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC)

Gostou do nosso artigo? Que tal deixar para nós um feedback com sua opinião nos comentários? Sua opinião é muito importante para nós! Até mais!

Paulo Nogueira
Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.