Início Construção civil: Preço do minério de ferro pode cair até 27% durante o ano de 2022

Construção civil: Preço do minério de ferro pode cair até 27% durante o ano de 2022

2 de junho de 2022 às 07:09
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Construção civil: Preço do minério de ferro pode cair até 27% durante o ano de 2022 - Pixabay
Construção civil: Preço do minério de ferro pode cair até 27% durante o ano de 2022 – Pixabay

O  Commonwealth Bank of Australia (ASX: CBA) estima que o preço do minério de ferro pode cair  27% até o final do ano de 2022. Outras instituições internacionais já estudaram que o valor do lítio pode ter uma queda que supera um terço de seu valor, o que vai automatizar a área de produção de carros elétricos. 

Segundo o estimado pelo Bank Of Australia, o preço da construção civil vai diminuir porque o minério de ferro terá um aumento de produção durante o ano de 2022. Em suma, as expectativas são elevadas para marcas como Fortescue Metals Group Ltd (ASX: FMG) e BHP Group Ltd (ASX: BHP).

Ambas as empresas são gigantes na produção e mineração. Sem contar que, durante o ano de 2021, quando também estavam na Bolsa de Valores, pagaram valores recordes de dividendos. Apesar disso, a CBA ainda se mostra receosa com o fato de que o setor pode continuar tendo retração. Entretanto, sabe-se que o uso de tecnologias pode ajudar de forma exponencial a calcular riscos e automatizar problemas complexos da mineração, aumentando a produtividade dos colaboradores e dos maquinários. 

Leia mais:

O que está acontecendo com o minério de ferro?

Durante o mês de junho do ano de 2021, é estimado que cada tonelada do material tenha chegado ao seu valor de US$ 220, um dos mais altos já vistos até então. Entretanto, durante este ano, ele teria chegado a US$ 133 depois de ter caído para uma faixa de US$92. 

Uma grande parte do valor que chegou até as mineradoras teve que ser devolvido para os acionistas, mas porque tiveram lucros expressivos com o aumento do preço das commodities. Para se ter uma ideia, na bolsa de valores dos Estados Unidos, é estimado que a Fortescue tenha pago um valor de 15% de todo o seu rendimento em lucro. 

Apesar disso, alguns setores da área de tecnologia foram prejudicados pela falta de material ou tiveram que ter controle maior do consumo de alguns tipos de matérias primas. 

 Dhar prevê queda depois dos preços inflados e bolha pode estourar a qualquer momento 

Segundo o que foi informado pelo  The Australian Financial Review, é estimado que:  “Os preços do metal industrial e do minério de ferro continuam vinculados à política chinesa. Prevemos que os bloqueios da COVID-19 na China diminuirão o suficiente até [o segundo semestre de] 2022 para permitir que medidas de apoio a políticas aumentem o impulso de demanda da China”

Enquanto o ferro tende a ter uma queda de valor, é estimado que o valor do aço, caso haja nova restrição imposta pela China, volte a aumentar de forma expressiva. Ou seja, virá a recuar sobre as imposições que já foram adotadas pelo país quanto às medidas da Covid-19 desde o ano de 2020. 

A CBA, órgão que fez os estudos, ainda estima que o valor que será cobrado pelo minério de ferro poderá cair por volta de US $120 por cada uma das toneladas que forem vendidas. E, assim sendo, seria estimado que as negociações até final do ano de 2022 iriam terminar a uma faixa de US$ 100 por tonelada, o referente a R$ 467 em conversão direta. 

[gs-fb-comments]

Relacionados
Mais recentes